Meu apoio à Alternative Party!

Quero começar minha semana de atividades no blog com um comentário bem triste sobre o que aconteceu no ultimo sábado, 17/03 em Jundiaí.

Mas antes quero dar os meus parabéns e reforçar meu apoio ao Diego Honório, produtor da matinê Alternative Party e a toda sua equipe por realizarem um evento com tanta criatividade e empenho.

Referente às denúncias prestadas ficou esclarecido que “nenhum tipo de bebida alcoólica foi encontrada e comercializada durante o evento e por estar dentro das normas exigidas o evento ocorreu como havia programado”.

A Alternative Party Jundiaí é um exemplo a ser seguido por realizar um evento visando trazer entretenimento e diversão ao público adolescente com consciência e responsabilidade.

Se você não conhece a Alternative Party, se liga nesse vídeo feito pelo querido Dallas Wistler.

Algumas palavras duras…

Não quero relatar novamente o que ocorreu, todos já sabem muito bem, ou podem ler aqui. Quero dizer que estou muito triste com ocorrido, pelo simples fato de entender que quando temos um projeto de vida, seja uma festa, seja um comercio, seja um progresso na carreia profissional, um relacionamento. Estou falando no geral mesmo. Nós nos entregamos de corpo e alma para realizar esse projeto. E quando algo sai do controle e não funciona como programado ficamos profundamente tristes. E é essa sensação que fica para pessoas como o Diego, a quem tenho grande admiração – declarada – pela sua criatividade, força de vontade sabe?

Independente de laços profissionais, estamos falando de pessoas e realizações pessoais e todos nós sabemos que passamos muito tempo engajados nisso… É o nosso projeto de vida, ou deveria ser. O que não deveria ser é um ring, onde o caráter da pessoa está relacionado à mediocridade.

Oscar Wilde (escritor) tem uma frase que diz que “A cada bela impressão que causamos, conquistamos um inimigo. Para ser popular é indispensável ser medíocre.” Isso é uma grande verdade. Mas eu prefiro acreditar que é melhor ser impopular. E tocar a vida bem, com a consciência tranquila.

Todos nós somos bem grandinhos para saber algumas verdades, mas as vezes é melhor deixar tudo em banho maria. Vamos acreditar na lei, nas denuncias ‘de pais’ e vamos fingir que caímos na brincadeira.

Eu tenho muito orgulho de ser amigo de muito de vocês, que trabalham com entretenimento, tenho mesmo. Respeito as divergências de cada um. E conduzo meu trabalho e minha opinião de modo a transmitir confiança e comprometimento. Acho que estou fazendo o certo, não é atoa que estamos juntos. Mas sinto que é possível fazer mais. É possível as pessoas se unirem mais, pra defenderem o que elas acreditam de verdade. Mas sem ferir, prejudicar ninguém.

Pensem nisso!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s